NAVEGUE POR GÊNERO

002-grim reaper.png
093-ufo.png
014-invisible man.png
005-wizard.png

NAVEGUE POR TEMA

048-aliens.png
017-hat.png
045-yeti.png
demon.png
006-ghost.png
024-hands.png
040-werewolf.png
002-vampire.png
078-zombie.png
014-axe.png

O Caso Evandro (Globoplay)



O Caso Evandro é a nova minissérie documental do Globoplay, baseada na quarta temporada do Projetos Humanos, podcast idealizado pelo jornalista Ivan Mizanzuk. O crime aconteceu em 1992 na cidade litorânea de Guaratuba, Paraná, e se tornou uma verdadeira caça às bruxas.


Em abril daquele ano, o garoto Evandro Ramos Caetano, de 6 anos, desapareceu perto de sua casa. Alguns dias depois, o cadáver de uma criança foi encontrado em um matagal na cidade. O corpo estava sem as vísceras e vários órgãos, e os pés e as mãos foram amputados. A suspeita era de que o menino havia sido vítima de um ritual de magia negra.


Sete pessoas foram condenadas pelo crime, incluindo Celina e Beatriz Abagge, esposa e filha do então prefeito da cidade, Aldo Abagge. As mulheres ficaram conhecidas como as “Bruxas de Guaratuba”, e o caso foi noticiado exaustivamente de forma sensacionalista na época.



A minissérie tem sete episódios, e um oitavo extra que fala sobre o caso do menino Leandro Bossi, que também desapareceu na cidade no mesmo ano. Os episódios são muito bem conduzidos, e tanto a acusação quanto a defesa são mostradas na série, porém o formato com que foi apresentado, de dois episódios por semana, induziu muitos espectadores a tomarem conclusões precipitadas, pois a história é cheia de reviravoltas. E embora o crime tenha ficado sem solução, o último episódio parece colocar um ponto final no caso, com a revelação de material inédito.


Ivan Mizanzuk trabalhou na série como produtor, e a direção é de Michelle Chevrand e Aly Muritiba. A produção é ótima, mescla depoimentos atuais, reportagens antigas e diversas gravações feitas na década de 90. O podcast contém 36 episódios (alguns com mais de duas horas de duração) e é fruto de uma investigação intensa e detalhada de Mizanzuk. Eles podem ser ouvidos na íntegra no site do Projetos Humanos, que também conta com materiais extras. A investigação do caso também resultou em um livro lançado pela Harper Collins neste ano.



1 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo