• Mimi Zanetti

Review: Lost - 1ª temporada



LOST é uma das minhas séries preferidas, dividindo o pódio com Arquivo X. Foram seis anos incríveis acompanhando essa série, as duas primeiras temporadas assistidas pelo AXN e o resto baixando pela internet para ver no mesmo dia que a audiência americana.


Foram madrugadas em frente ao PC esperando por um link de download na “virGília” do Lost Brasil no Orkut, lendo dezenas de sites procurando a teoria perfeita para tudo o que tava acontecendo e buscando incessantemente por easter eggs.


Saudoso Orkut...

LOST teve drama, teve comédia, teve suspense, teve aventura, teve ficção científica e até uma pitada de terror. Por mais que muitos mistérios tenham ficado em aberto, quem acompanhou as seis temporadas sabe que chega a ser injusto resumir LOST a apenas “o final foi ruim” ou “estavam todos mortos” (o que não é verdade, mas falarei sobre isso em outra ocasião).


De tempos em tempos assisto tudo novamente, e dessa vez resolvi fazer um review de cada temporada. Ah, e é claro, vai rolar muito spoiler e teorias sobre os mistérios. Leia aqui o review da primeira temporada, que estreou em 22 de setembro de 2004.



Visão geral:


O voo 815 da Oceanic Airlines saindo da Austrália com destino aos Estados Unidos cai em uma ilha no Pacífico Sul deixando 47 sobreviventes. Os episódios se passam no presente mostrando os acontecimentos na ilha, mostrando flashbacks dos personagens principais.


Jack acordando no meio do bambuzal após o acidente

O grupo de sobreviventes precisa encontrar um local onde ficar para que possam ser encontrados, porém conforme o resgate demora semanas para chegar, a dinâmica entre os indivíduos começa a mudar, especialmente com a descoberta de que existem outras pessoas na ilha: “Os Outros”, totalmente desconhecidos nessa temporada; e Danielle Rousseau, uma francesa que naufragou na ilha há 16 anos.


Há a busca por comida e água, o confronto com o “Monstro da Fumaça”, o aparecimento de ursos polares, o sequestro da grávida por um dos “Outros”, a descoberta de um avião de tráfico nigeriano, a localização de uma escotilha escondida no meio da mata, e por fim, a tentativa de alguns sobreviventes para sair da ilha com uma jangada e buscar ajuda.



Personagens principais:


  • Jack Shephard, o médico, o homem da ciência;

  • John Locke, o ex-paralítico, o homem de fé;

  • Kate Austen, a foragida;

  • James "Sawyer" Ford, o golpista;

  • Hugo “Hurley” Reyes, o gordinho maneiro que ganhou na loteria;

  • Charlie Pace, o músico viciado;

  • Claire Littleton, a grávida;

  • Sun-Hwa e Jin-Soo Kwon, o casal de coreanos;

  • Sayid Jarrah, o ex militar iraquiano;

  • Boone Carlyle e Shannon Rutherford, os irmãos;

  • Michael Dawson e Walt Lloyd, pai e filho que mal se conhecem.



Episódios (flashbacks e principais acontecimentos):


01. Piloto, Parte 1/Pilot (Part 1): flashbacks no avião; o avião cai e o grupo de sobreviventes tenta chegar ao cockpit do avião para enviar um sinal através do rádio. O piloto ainda está vivo e revela que foi feito um desvio no plano de voo e que o resgate pode estar procurando pelo avião no lugar errado. Há algo na selva que brutalmente tira o piloto do cockpit e o mata;


Eita piloto, como é que você foi parar aí?

02. Piloto, Parte 2/Pilot (Part 2): mais flashbacks dentro do avião; através do rádio do avião, os sobreviventes descobrem o sinal de uma francesa;


Revista lida por Walt antes de aparecer um urso polar na ilha...

03. Tabula Rasa/Tabula Rasa: através dos flashbacks descobrimos que Kate é uma criminosa fugitiva;


04. Jornada Interior/Walkabout: flashbacks do Locke revelam que ele estava em uma cadeira de rodas antes do acidente;


05. O Coelho Branco/White Rabbit: flashbacks do Jack; o nome do episódio é uma alusão ao coelho branco de Alice no País da Maravilhas, neste caso o coelho é o falecido pai do Jack (cujo corpo estava sendo transportado no avião), uma alucinação que leva seu filho a descobrir uma caverna com água fresca mais para dentro da ilha;


06. A Casa do Sol Nascente/House of the Rising Sun: através dos flashbacks descobrimos mais sobre o relacionamento do casal coreano. Dois esqueletos com pedras brancas e pretas são descobertos na caverna e são nomeados Adão e Eva por Locke;


Adão e Eva

07. A Mariposa/The Moth: flashbacks do Charlie mostram parte de sua carreira em uma banda de rock e sua entrada no mundo das drogas; na ilha, o músico luta contra a heroína com a ajuda de Locke;


08. O Vigarista/Confidence Man: pelo nome do episódio já dá para deduzir que os flashbacks são do Sawyer;


09. Solitária/Solitary: flashback do Sayid e seu passado como torturador no Iraque; na ilha, ele encontra a francesa pela primeira vez;


10. Criado Pelos Outros/Raised by Another: flashback sobre o passado de Claire e a forma como planejava levar seu bebê para a adoção após ser abandonada pelo namorado, porém um vidente a convence em mudar seus planos. Os sobreviventes descobrem que Ethan não estava na lista de passageiros, ao mesmo tempo que ele sequestra Claire e Charlie. Temos a primeira interferência direta dos “Outros”;


Locke no sonho de Claire. O preto e branco aparecem com frequência na série.

11. Os Melhores Cowboys Têm Problemas Com os Pais/All the Best Cowboys Have Daddy Issues: problemas com o papai é com o Jack mesmo (logo os flashbacks são relacionados a ele). Locke e Boone descobrem a escotilha com a inscrição QUARENTENA;


12. O Que Quer Que Seja/Whatever the Case May Be: flashbacks da Kate;


13. Corações e Mentes/Hearts and Minds: flashbacks dos irmãos Boone e Shannon;


14. Especial/Special: flashbacks revelam Michael e como ele foi obrigado a se afastar do filho. Descobre-se que Walt é “especial”;


15. Volta ao Lar/Homecoming: mais flashbacks do Charlie; na ilha, Claire retorna ao grupo de sobreviventes sem memória alguma do que aconteceu;


16. Foras da Lei/Outlaws: flashbacks do Sawyer revelam que ele chegou a conhecer o pai de Jack na Austrália;


17. Perdidos na Tradução/… In Translation: flashback do casal coreano; alguém ateia fogo na jangada que Michael estava construindo, a confusão faz com que os sobreviventes descubram que Sun fala inglês, o que deixa seu marido chocado.


18. Números/Numbers: primeiro flashback do Hurley mostra sua relação com os números místicos da série, a forma como os descobriu e os usou para ganhar na loteria.


19. Deus Ex Machina/Deus Ex Machina: o passado de Locke antes de ficar paralítico é revelado, mostrando como foi manipulado para doar um rim para seu pai; Locke e Boone encontram o avião de tráfico nigeriano, o jovem consegue enviar uma mensagem através do rádio dizendo que são os sobreviventes do voo 815 da Oceanic, mas recebe de volta a mensagem de outras pessoas dizendo que ELES é quem são os sobreviventes do 815;


Locke pede um sinal e recebe

20. Não Faça Mal/Do No Harm: flashback do Jack; na ilha, Boone morre e o bebê de Claire nasce;


21. O Bem Maior/The Greater Good: flashbacks do Sayid;


22. Nascida Para Fugir/Born to Run: flashbacks da Kate;


23. Êxodo, Parte 1/Exodus, Part 1: flashbacks no aeroporto; Rousseau vai à praia dizendo que “Os Outros” irão atacar o grupo de sobreviventes, uma coluna de fumaça preta dentro da ilha é vista na praia;


24 e 25. Êxodo, Parte 2 e 3/Exodus, Part 2 &3: mais flashbacks no aeroporto; o grupo de sobreviventes explode a escotilha com dinamite da carcaça de um navio dentro da mata (Black Rock); Jin, Michael, Walt e Sawyer então no mar aberto dentro da jangada, quando acham que serão salvos, Walt é sequestrado por um grupo em outro barco enquanto a jangada é parcialmente destruída. O episódio termina com Jack e Locke olhando para dentro da escotilha como gancho para a próxima temporada.




Linha do tempo:


Dia 01 - queda do avião em 22 de setembro de 2004

Dia 44 - partida da jangada e abertura da escotilha em 4 de novembro de 2004



Mistérios a serem resolvidos nas próximas temporadas:


  • Monstro da Fumaça;

  • Ursos polares;

  • O navio Black Rock;

  • Como Locke se curou da paralisia;

  • Quem são Adão e Eva;

  • Quem são “Os Outros”;

  • Qual a doença que acometeu os membros da tripulação da francesa;

  • O que são os sussurros;

  • O que são os números 4, 8, 15, 16, 23 e 42;

  • O que há dentro da escotilha;

  • De quem era a mensagem que Boone ouviu no rádio do avião nigeriano;

  • A aparição do pai de Jack;

  • Por que Claire foi sequestrada e como escapou.



Frase de efeito:


“Don’t tell me what I can’t do!” (Não me diga o que não posso fazer) foi dita diversas vezes por John Locke e uma vez por Jack Shepard.