• Cultista

A Cidade Inteira Dorme e Outros Contos - Ray Bradbury (resenha)

"Encare as coisas desse modo, filho: a vida é um espetáculo mágico, ou deveria ser, se as pessoas não ficassem por aí dormindo. Sempre deixe algum mistério na vida das pessoas, filho."


Ray Bradbury (1920 - 2012) foi um autor norte americano mais conhecido pelo seu romance distópico Fahrenheit 451, e seus contos de ficção científica. Bradbury tem uma longa lista bibliográfica que conta com romances, contos (diversos deles publicados em pulp magazines como Weird Tales e Amazing Stories), obras infantis, peças de teatro e roteiros cinematográficos e televisivos.


A Cidade Inteira Dorme e Outros Contos é uma antologia de 13 breves contos de ficção científica, fantasia e mistério. Dentre estes destacam-se “Uma Pequena Viagem”, uma bela história de ficção científica que envolve um grupo de velhinhas que se prepara para uma viagem espacial para conhecer Deus.


Temos também “O Lixeiro”, uma narrativa curta que flerta com uma distopia pós apocalíptica. “A Cidade Inteira Dorme”, que dá título à obra, é o ponto alto do livro trazendo um cenário urbano em que há um maníaco estrangulador à solta.


O Homem Ilustrado” traz o tema dos shows de aberrações (freak shows), exibições de seres humanos com anomalias biológicas ou físicas como suas principais atrações. Aqui nosso protagonista é um homem gordo que tatua seu corpo inteiro para que possa fazer parte do show, e traz uma reflexão sobre a monstruosidade humana em diversos níveis.


Um toque de Edgar Allan Poe pode ser sentido no conto “As Frutas no Fundo da Fruteira”, com um homicídio e o comportamento obsessivo compulsivo do assassino. Em “O Pedestre”, no ano de 2053 enquanto todas as pessoas estão centradas nos televisores em suas casas, um homem resolve fazer longas caminhadas durante à noite quando não há ninguém nas ruas.


Uma mulher descobre uma entrada no teto de sua casa em que mora há mais de 10 anos em “O Alçapão”, encontrando-se amedrontada com os estranhos barulhos ocorrendo no meio da noite. E fechando o livro com chave de ouro temos “Hora Zero”, uma ficção científica que mostra que nem toda brincadeira de criança é inocente.


Com uma maioria de acertos, e alguns poucos contos mais insossos, A Cidade Inteira Dorme e Outros Contos é um ótimo livro para conhecer o trabalho de Ray Bradbury. O cotidiano, a fé, o futuro, a exploração espacial, o medo e o comportamento humano são alguns dos temas que compõem essa obra, capaz de agradar diversos gostos.


Capa comum: 192 páginas Editora: Biblioteca Azul

Edição: 1ª (1 de janeiro de 2013) Idioma: Português