• Cultista

Lançamentos de setembro na Darkflix (14/09 a 20/09)

Veja as novidades que entram no catálogo da Darkflix a partir desta semana


Obras dirigidas por Wes Craven e William Friedkin, sequência e remake de clássicos e slashers que marcaram décadas fazem parte da lista dos filmes que chegam ao streaming a partir desta segunda-feira. Confira os títulos e as datas de lançamento.


A Maldição de Samantha (1986) - Deadly Friend

Diretor: Wes Craven - 91 minutos

A Darkflix abre a semana com o filme “A Maldição de Samantha” de 1986. O universitário Paul se muda para uma cidade pacata para estudar Inteligência Artificial na Universidade local. Ele conhece Samantha, a jovem e doce vizinha que vive em conflito com o pai violento. Quando ela sofre um acidente fatal causado pelo próprio pai, Paul tenta salvar sua vida utilizando a robótica. Resta saber se a jovem voltará a vida como a mesma pessoa.  


Na época em o filme foi lançado, Wes Craven, diretor do filme, já era conhecido como um cineasta ousado que inovou o gênero do terror com seus filmes, incluindo o grande sucesso “A Hora do Pesadelo” de 1984. Em “A Maldição de Samantha”, inspirado no conto “Friend”, de Diana Henstell, o diretor pretendia focar na história de amor macabra entre os personagens Samantha e Paul, mas o seu público e os estúdios da Warner Bros. queriam algo mais sangrento, e foi isso que Cravem entregou. A versão final agradou a audiência e atualmente o longa figura entre os melhores slashers da década de 1980, sendo conhecido pela icônica e violenta cena com a bola de basquete. Lançamento 14/09.

A Árvore da Maldição (1990) - The Guardian

Diretor: William Friedkin - 92 minutos

Em “A Árvore da Maldição”, o diretor William Friedkin, responsável pelo clássico “O Exorcista”, retorna ao gênero que o consagrou: o terror. O longa acompanha a história de Phil e Kate, um jovem casal que se tornaram pais recentemente. Eles decidem contratar uma babá para cuidar do pequeno Jake e logo conhecem Camila, que parece ser a profissional ideal. Após algum tempo, descobrem que Camila não é a pessoa que dizia ser. A babá está envolvida com rituais de sacrifícios humanos e o recém-nascido será a sua próxima. O filme se destaca pelas cenas sangrentas com efeitos acima da média entre os filmes da mesma época. A obra estará disponível a partir de terça-feira, dia 15.        


A Profecia II (1978) - Damien: Omen II

Diretor: Don Taylor - 107 minutos

A Profecia II” chega ao catálogo no dia 16/09. A sua história tem início logo após o final apresentado no primeiro filme. Depois de descobrir o que houve com o pai de Damien Thorn, o arqueólogo Carl Bugenhagen tenta provar ao novo tutor do menino que ele é o Anticristo e precisa ser destruído. Mas isso não será fácil. Alguns anos se passam e Damien, agora com 12 anos, vive com seu o seu tio Richard, sua tia Ann e seu primo Mark. O menino enfim descobrirá a sua verdadeira origem e terá que lidar com o medo de assumir sua identidade enquanto o mal que o rodeia elimina de forma violenta qualquer ameaça que surge. O enredo é inteligente e passeia por intrigas corporativas, dilemas familiares e a luta entre humanos e o sobrenatural para revelar o filho do demônio. Se você ainda não assistiu ao primeiro longa, ele está disponível na plataforma da Darkflix, confira.       


Violência e Terror (1989) - Intruder

Diretor: Scott Spiegel - 83 minutos

Intruder - Violência e Terror” é o longa de estreia do diretor Scott Spiegel que contou com boa parte dos realizadores do filme “Uma Noite Alucinante - A Morte do Demônio” (1981) para dar vida para este divertido slasher do final dos anos 80. Entre o elenco está o próprio diretor de “Uma Noite Alucinante”, Sam Raimi, seu irmão Ted Raimi, além do ator Bruce Campbell que faz uma ponta na trama. O enredo se passa dentro de um supermercado durante o final do expediente. Quando as portas estão prestes a se fechar, o obsessivo ex-namorado da operadora de caixa Jennifer aparece para discutir com a garota. Após agredi-la ele é contido pelos demais funcionários, mas consegue fugir. Com o estabelecimento fechado, os colaboradores começam a organizar o estoque sem desconfiar que algo sinistro irá acontecer. Eles são, um a um, mortos das formas mais violentas e cabe aos sobreviventes descobrir quem é o assassino e fugir da morte eminente. O filme supera as limitações orçamentarias e se destaca entre os slashers da época por ser mais do que um filme comercial, ele foi realizado com muito humor, criatividade e possui um elenco conhecido entre os fãs do gênero. A obra pode ser conferida na quinta-feira (17).


A Epidemia (2010) - The Crazies

Diretor: Breck Eisner - 101 minutos

Refilmagem do clássico homônimo feito pelo mestre do terror George A. Romero em 1973, “A Epidemia” conta a história de uma pequena cidade rural do Estado de Iowa, nos Estados Unidos que é infectada por uma estranha epidemia. A doença causa ataques de fúria incontrolável nos contaminados. Rapidamente o exército isola a cidade, mas com a proliferação do vírus decidem tomar uma atitude mais drástica. A médica Judy e seu esposo, o xerife David Dutten, logo percebam que há algo errado e decidem fugir do exército e dos infectados antes que a cidade seja exterminada. Uma ótima opção para os fãs do tema. Lançamento na sexta-feira (18).   


Criatura das Sombras (2015) - Der Nachtmahr

Diretor: Akiz - 92 minutos

Sábado é a vez de “Criatura das Sombras”, longa escrito e dirigido pelo alemão Akiz. Na trama, Tina é uma adolescente que passa o verão indo a clubes para se divertir e usar drogas com seus amigos. Certa noite, após uma grande festa, a jovem começa a ser assombrada em seus pesadelos por uma estranha criatura. Enquanto realidade e sonhos se coincidem, Tina cria fortes laços com o pequeno monstro, iniciando um relacionamento que mudará para sempre a sua vida e as das pessoas ao seu redor. A Ex-vocalista e baixista do Sonic Youth, Kim Gordon, participou do filme interpretando o papel de uma professora, em sua cena ela lê poemas do escritor e pintor inglês William Blake para a classe de Tina. O longa venceu a Competição Internacional como Melhor Filme no XII Fantaspoa - Festival de Cinema Fantástico de Porto Alegre, que aconteceu em 2016.