• Cultista

Invocação do Mal (2013) e os estágios da atividade demoníaca


Aproveitando o gancho do post sobre o livro Ed & Lorraine Warren - Demonologistas, resolvi assistir Invocação do Mal novamente. Lembro-me que na época da estréia do filme, fez-se um grande rebuliço acerca dele nas redes sociais. Especialmente os mais jovens consideravam o “melhor e mais assustador filme de terror” que já viram, e eu, como boa amante desse gênero, o conferi o mais rápido que pude.



Sob o título original The Conjuring, foi dirigido por James Wan (Jogos Mortais, Sobrenatural), e teve Vera Farmiga e Patrick Wilson nos papéis de Lorraine e Ed Warren. O caso que inspirou o filme, e presente no livro citado acima, foi o incidente com a família Perron.


Na adaptação, após um breve prólogo introduzindo o casal Warren no caso da boneca Annabelle, podemos acompanhar a história de uma família que se muda para uma grande casa na cidade de Harrisville (Providence, Rhode Island) em 1971.


Desde os primeiros momentos, o telespectador pode ver os aspectos de uma uma infestação demoníaca afligindo a família, enquanto paralelamente mostra a vida dos Warren até que passam a investigar o caso dos Perron.

Imagem dos créditos finais do filme mostrando a verdadeira família Perron

De acordo com os Warren, a atividade demoníaca tem três estágios: o primeiro deles é a infestação, em que as entidades buscam provocar o medo, assim fragilizando a vontade humana. Barulhos desconhecidos, batidas, movimentação de pequenos objetos, e pequenas peças fazem parte da estratégia para instaurar o terror.


O segundo estágio é a opressão, em que a entidade já está estabelecida no local, e há o aumento na intensidade das atividades paranormais para que as vítimas sejam fortemente oprimidas física e psicologicamente.


Essa fase é uma preparação para o terceiro estágio: a possessão, quando a pessoa já está completamente à mercê da(s) entidade(s), podendo ter seu corpo invadido por um ou uma legião de espíritos inumanos (forma como os Warren se referem a espíritos que nunca andaram sobre a terra na forma humana, ou seja, os demônios).


Um quarto e último estágio pode acontecer, caso a pessoa ou a família não busque auxílio: a morte. Essas etapas são apresentadas brevemente em um filme de quase duas horas, e se passam na história em um curto intervalo de tempo, porém na vida real podem se arrastar por semanas, meses ou até mesmo anos. Na história real, o casal Roger e Carolyn Perron e suas filhas passaram uma década como alvos desses espíritos inumanos.


Um amigo imaginário, puxões de pés na cama à noite, brincadeiras infantis com toques sinistros, sonambulismo e aparições são alguns dos elementos que compõem a obra cinematográfica. Invocação do Mal teve um orçamento de 20 milhões de dólares, arrecadando mais de 318 milhões em bilheteria ao redor do mundo.


Vera Farmiga como Lorraine Warren

Lorraine Warren e Andrea Perron (a mãe e esposa da história real) trabalharam como consultoras no filme. Em contrapartida, os donos da casa original onde se passou todo o incidente, contestaram a veracidade dos fatos apresentados e processaram a Warner Bros.


Gerrard Brittle, autor de Ed & Lorraine Warren - Demonologistas, processou a Warner Bros., a New Line Productions e o diretor James Wan, por infração de direitos de exclusividade com o casal Warren.


Além do próprio livro Ed & Lorraine Warren - Demonologistas, que conta detalhes do caso, você pode acessar esta postagem do site Assombrado que conta a história que inspirou o filme.


A família Perron no filme

Invocação do Mal agregou várias críticas positivas, incluindo premiações de melhor filme de terror no Empire Awards, Saturn Awards, IGN Summer Movie Awards e Critics' Choice Movie Awards, entre outros prêmios de outras entidades. O sucesso do filme fez com que tivesse uma sequência, lançada em 2016, e uma terceira continuação, ainda sem data prevista. A série também produziu dois spin off: Annabelle (2014) e Annabelle 2: A Criação do Mal (2016).



Fontes:

Wikipedia: The Conjuring

Adoro Cinema: INVOCAÇÃO DO MAL

IMDb: Invocação do Mal (2013)