• Mimi Zanetti

Steampunk: Poe - Edgar Allan Poe (resenha)


O gênero Steampunk é derivado da ficção científica e apresenta elementos futuristas em comparação ao tempo de História real em que se passa. Apresenta frequentemente influências lovecraftianas, ocultistas e góticas. O livro Steampunk: Poe reúne contos do autor com ilustrações no estilo que ganhou maior fama entre os anos de 1980 e 1990.


São sete os contos reunidos neste volume:


  • A Máscara da Morte Rubra: publicado pela primeira vez em 1842, é uma narrativa sobre um nobre que enclausura seus convidados em seus domínios, enquanto uma praga assola os moradores da região, trazendo a morte em menos de meia hora. O Príncipe Próspero promove um baile de máscaras em seu castelo, ocupando sete salões, cada um decorado com uma cor diferente;


  • O Coração Delator: um dos contos mais famosos do autor, foi publicado primeiramente em 1843. Narrado em primeira pessoa, o protagonista relata um assassinato cometido por si mesmo, ao mesmo tempo que tenta convencer o leitor de sua sanidade;


  • A Queda da Casa de Usher: de publicação em 1839 na Burton's Gentleman's Magazine, o protagonista após receber uma carta de um antigo amigo de infância, dirige-se para a residência deste, verificando suas péssimas condições de saúde;


  • Os Assassinatos da Rua Morgue: publicado pela primeira vez na Graham's Magazine em 1841, é a primeira estória em que o Detetive Dupin aparece (tido como o precursor de Sherlock Holmes), desvendando o mistério de dois assassinatos realizados em Paris;


  • O Embuste do Balão: originalmente publicado como uma história real, teve sua primeira publicação em 1844 no New York Sun, sendo desmentida pelo jornal dois dias depois. Narra detalhadamente uma viagem do continente europeu até a América por três dias a bordo de um balão de gás;


  • Os Óculos: neste conto de 1844, Poe deixa de lado suas estórias sombrias, mostrando uma face mais cômica. O protagonista narra sua aventura de apaixonar-se pela primeira vez por uma desconhecida, à primeira vista, e sua recusa em usar óculos apesar de seus problemas de visão;


  • O Método do Doutor Tarr e do Professor Fether: mostrando o humor negro de Poe, este conto foi publicado em 1845 na Graham's Magazine, e narra a visita do protagonista a um hospital psiquiátrico conhecido por um método revolucionário de tratamento. O personagem principal e narrador da estória acaba por participar de um banquete deveras estranho.


O grand finale do livro se dá com duas traduções do poema O Corvo, uma feita por Machado de Assis, e outra por Fernando Pessoa. As ilustrações ficaram por conta dos croatas Zdenko Bašić e Manuel Sumberac.


Ano: 2012

Páginas: 248 Idioma: português Editora: iD