• Cultista

Box - H.P. Lovecraft: Os Melhores Contos Volume 1

Em 2018, através de seu selo Chronos, a Editora Pandorga publicou o primeiro volume de uma coleção contendo os melhores contos de Lovecraft. São 3 livros com material correspondente a diferentes fases do autor. Vamos dar uma olhada nessa seleção?



O CHAMADO DE CTHULHU E OUTROS CONTOS


Este livro traz contos de diferentes épocas e inspirações para o autor, trazendo uma variedade de estilos dentro da escrita de Lovecraft.


O Chamado de Cthulhu: o conto que abre essa edição é certamente o mais conhecido do autor, marcando suas obras relacionadas aos Mitos de Cthulhu. Foi publicado pela primeira 1928.


A Música de Erich Zann: devido à falta de dinheiro, o narrador em sua juventude se muda para um apartamento em uma rua que ele nunca viu antes. E de seu quarto ele consegue ouvir a assombrosa música do morador do sótão. Uma ótima história de Lovecraft, com horrores que definitivamente não são desse mundo. Sua primeira publicação foi em 1922.


Dagon: um breve conto que é o protótipo de O Chamado de Cthulhu. Foi publicado pela primeira vez em 1919. (Leia aqui uma análise do conto)


Os Gatos de Ulthar: neste conto de fantasia, Lovecraft foi influenciado por um de seus autores preferidos, Lord Dunsany. O narrador conta a história de como foi proibido matar gatos em Ulthar. É o conto preferido do autor, e sua primeira publicação foi em 1920.


A Verdade Sobre o Falecido Arthur Jermyn e Sua Família: o nobre Sir Arthur Jermyn, ao descobrir sua genealogia comete suicídio ateando fogo a si mesmo. A ancestralidade maldita é o tema principal deste conto publicado pela primeira vez em 1920. Um conto bem fraco de Lovecraft.


A Casa Abandonada: logo no início deste conto temos menção à Edgar Allan Poe, e a uma casa que realmente existe em Providence (cidade natal de Lovecraft). Na narrativa, há algo assombroso e sobrenatural no lugar, onde luminescências podem ser vistas à noite, pessoas falam em um idioma que nunca estudaram, e todos que habitam a casa perdem perdem gradativamente suas energias, definhando e morrendo. Escrito em 1924, foi publicado postumamente em 1937. Vale a pena ler.



A COR QUE CAIU DO CÉU


O segundo livro desta coletânea traz uma das melhores novelas do autor, e ao mesmo tempo uma de suas piores obras. Vale aqui uma breve explicação: é conhecido que Lovecraft tinha pensamentos racistas e xenófobos, e explicitou isso em algumas de suas obras, e isso se intensificou com a mudança de Providence para Nova York entre 1924 e 1926, foi quando escreveu os dois últimos contos presentes neste volume. Em cada livro deste box há uma Nota do Editor com comentários a respeito das manifestações de preconceito de Lovecraft em suas obras.


A Cor Que Caiu do Céu: uma das melhores obras do autor, e que recentemente ganhou mais uma adaptação cinematográfica. Sua narrativa é sobre um meteoro de cor indefinida que afeta a flora, fauna e os habitantes de uma fazenda. Escrito e publicado em 1927, quando Lovecraft já estava de volta à sua querida cidade natal, Providence.


Ele: o tom desse conto é totalmente autobiográfico, pois Lovecraft detestava Nova York e isso fica bem explícito aqui. Há bastante racismo e xenofobia, e no geral considero-o bem ruim. Pode ser lido uma vez apenas para "conhecer" e depois ser esquecido. Foi publicado pela primeira vez em 1926.


Horror em Red Hook: se em Ele havia bastante racismo e xenofobia, aqui chegamos ao auge. Vale uma leitura crítica, pois não é de todo ruim, seu tema principal é a magia negra. Sua publicação é de 1927.




SUSSURROS NA ESCURIDÃO


Única novela presente nesse volume, junto com a Nota do Editor e uma breve biografia do autor.


Sussurros na Escuridão: escrita em 1930 e publicada no ano seguinte, essa obra é uma mistura de terror com ficção científica. Ahistória mostra uma troca de correspondências entre o narrador Albert N. Wilmarth, um professor de literatura da Universidade Arkham, e Henry Akeley, um homem que vive em uma fazenda isolada e diz ter provas a respeito de estranhas criaturas vistas após as enchentes históricas de Vermont.

Uma novela fantástica que faz referências aos Mitos de Cthulhu.


Esse boa é uma ótima publicação da Editora Pandorga, com boas traduções e uma diagramação excelente, com letras grandes e bem espaçadas, tornando a leitura muito mais agradável. A seleção de contos para esse primeiro volume é bem adequada tanto para fãs antigos, para pessoas que ainda não conhecem a obra de Lovecraft.


Além disso, tem um ótimo custo-benefício, podendo ser encontrada facilmente por 30 reais em algumas lojas. O segundo volume já foi lançado e em breve terá uma resenha no site.