• Mimi Zanetti

Alien - Alan Dean Foster (resenha)



É incontável o número de vezes que assisti Alien - O Oitavo Passageiro em toda a minha vida, mas mesmo assim não hesitei em nenhum momento em ler sua romantização assim que a vi disponível, mesmo sabendo exatamente o que eu iria encontrar pela frente. Essa foi a minha primeira experiência lendo este tipo de adaptação e admito que foi uma experiência bastante positiva.


Em um futuro não tão distante, a humanidade já utilizou todo o petróleo disponível na Terra tendo que buscar esse recurso em outros planetas. Em uma dessas viagens intergaláticas, a tripulação da Nostromo é acordada da hibernação enquanto volta para o nosso planeta, alertados por um sinal recebido do espaço.

Sete ali estavam. Sete sonhadores silenciosos em busca de um pesadelo.

A equipe desce no planeta originário da mensagem e acidentalmente um de seus membros, ao analisar mais de perto uma entidade biológica em uma nave alienígena abandonada, torna-se hospedeiro de uma forma de vida parasitária totalmente desconhecida.

Agora, um pesadelo em miniatura tornara-se visível dentro do ovóide. Jazia ordenadamente enrolado e dobrado sobre si mesmo, compacto e delicado, todo composto por uma carne elástica e filigranada. A Kane pareceu uma fração do delirium tremens de alguém, arrancada do cérebro e moldada com solidez e forma.

Ao contrário de uma adaptação livro para filme, a romantização é bastante fiel à obra cinematográfica, adicionando apenas detalhes que ficaram de fora da obra original e/ou fazendo pequenas mudanças no enredo. Particularmente, eu gostei do trabalho de transposição literária do autor norte americano Alan Dean Foster (responsável por diversas outras romantizações como Star Wars, Star Trek e Transformers). Creio que muitas vezes as palavras conseguem exprimir mais sensações do que as próprias imagens.

Dallas fitou Ripley. Era certo que ela seria voluntária, mais cedo ou mais tarde. Mocinha excêntrica. Ele sempre a subestimara. Todos a subestimavam.

O filme foi dirigido por Ridley Scott e lançado em 1979, originou mais três sequências, duas prequels (Alien: Covenant e Prometheus) e dois crossovers com a criatura da franquia O Predador.

Sobre o livro:

Capa comum: 328 páginas Editora: Aleph;

Edição: 1ª (14 de setembro de 2015) Idioma: Português


Sobre o filme:

Direção: Ridley Scott

Produção: Gordon Carroll, David Giler, Walter Hill

Roteiro: Dan O'Bannon

Elenco: Sigourney Weaver, Tom Skerritt, Veronica Cartwright, Harry Dean Stanton, John Hurt, Ian Holm, Yaphet Kotto